Apfelstrudel


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Atualmente conhecido no mundo inteiro, o Strudel (como é conhecido na Alemanha), é uma sobremesa tradicional da Áustria, mais especificamente de Viena, sua capital. Influenciada pelo Império Bizantino (da Armênia e Turquia), a cozinha Austríaca recebeu de herança muitos vestígios destas cozinhas, bem como outros países que fizeram parte do Império Austro-Húngaro, como a Croácia, Hungria, República Checa, Eslováquia e Eslovênia.

É basicamente um rocambole de massa folhada que, por ter sofrido influência da cozinha de outros países, possivelmente é derivado da sobremesa turca conhecida como Baklava (hoje também mundialmente conhecida), feita de massa filo e recheada com nozes, pistache, amêndoas, mel, queijos, iogurtes e carnes.

A palavra Strudel em Alemão significa “enrolado” e Apfel é maçã. Sua massa é tão fina, que um ditado popular diz “O Strudel deve ser tão transparente, que se pondo embaixo da folha uma carta de amor, seja possível ler as doces palavras.”. O recheio mais conhecido de utilizado é feito com maçã, nozes, passas, manteiga, açúcar e canela. Porém, há variações da receita que levam outros recheios, inclusive salgados como os mais conhecidos de queijo ricota, com passas e açúcar (Topfenstrudel), o de cereja azeda (Weichselstrudel), de cereja doce (Kirschenstrudel) e de semente de papoula (Mohnstrudel).

A receita mais antiga que se tem conhecimento, remonta de 1696 e está preservada na Biblioteca Municipal de Viena, a Wiener Stadtbibliothek.

Aqui vai a receita de Apfelstrudel (Strudel de Maçã)

Ingredientes:

Para o recheio:

30g de Açúcar;

600mL de Água;

1Kg de Maçã descascada e cortada em lâminas;

Canela em pó à gosto;

100g de Uva-passa;

½ Cálice de rum.

Para a massa:

150g de Farinha de trigo (sem fermento);

1 ovo;

1 Pitada de sal;

25mL de Água;

2 Colheres (sopa) de Azeite;

O quanto baste de manteiga derretida para pincelar na massa.

Modo de Preparo:

Recheio:

Dissolva o açúcar na água;

Em seguida, ferva as lâminas de maçã, escorra-as e espere esfriar;

Coloque-as em um bowl com a canela, as uvas-passas e regue tudo com o rum.

Massa:

Misture todos os ingredientes e sovar até unir bem todos os ingredientes;

Pegue a massa e bata por 100 vezes na bancada com delicadeza (conhecido como o procedimento das 100 batidas) até que fique lisa e sem grudar nas mãos;

Obs: Se a massa estiver muito seca, coloque um pouco mais de água, bem como se estiver muito molhada, acrescente mais farinha.

Cubra com um papel filme e deixe descansar em um lugar quente por 30 min;

Coloque um pano sobre a bancada que irá abrir a massa e enfarinhe;

Abra a massa com um rolo, e em seguida pegue-a com as mãos e comece a abrir a massa, esticando como uma massa de pizza até que o centro da massa comece a ficar transparente;

Coloque a massa sobre o pano e puxe delicadamente as pontas até ficarem finas (transparentes);

Corte a massa para deixá-la num formato retangular;

Pincele toda a massa com manteiga derretida;

Coloque o recheio e enrole (sem tocar na massa) com o pano;

Corte as pontas da massa já enrolada, feche bem e dobre para baixo;

Coloque em uma forma untada (ou com papel manteiga).

Pincele com manteiga novamente, e leve ao forno já pré-aquecido a 170ºC até a massa dourar bem.

Bom apetite!!

Obs: A massa folhada também pode ser feita dessa maneira, ou comprada pré-pronta.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação